Tag Archives: organico

Vídeo: Segredos do Orgânico Versus Tóxicos Finalmente Revelados

Vídeo: Segredos do Orgânico Versus Tóxicos Finalmente Revelados

Ao longo da história, a vida era simples. Os Alimentos não precisavam de um rótulo “orgânico” para provar que  eram reais, e a diversidade de cultivos  abundavam. Pequenas quintas foram a espinha dorsal do abastecimento alimentar do país, e havia um maior respeito pela qualidade do solo. Longe vai o tempo em que os alimentos eram cultivados a partir das sementes passadas da última colheita. A produção da colheita de cada ano era rotulada e vendida como a comida que era.

Então vieram as corporações com sementes genéticas e a introdução de pesticidas químicos e organismos geneticamente modificados. Ao alterar a estrutura genética da biologia natural das sementes, os cientistas permitiram que as corporações patenteassem uma nova tecnologia de sementes.

As novas sementes transgênicas tornáram-se propriedade das corporações. Não foi coincidência, esta modificação genética de sementes permitiu que as corporações pudessem produzir em massa, comercializar e vender os pesticidas químicos para que as sementes pudessem resistir. Com a ajuda de subsídios governamentais, a comida alterada tornou-se o modelo para os agricultores seguirem.

Como a agricultura passou a ser inundada com produtos químicos, os consumidores já não podiam esperar que a comida nos seus pratos fosse pura e não adulterada. O milho começou a ser produzido a partir de uma variação genética de sementes e pulverizadas com pesticidas químicos.

Esta nova indústria de alimentos geneticamente modificados foi autorizada a ingressar no mercado e a fingir que o seu produto alimentar não era diferente do que o que tinha sido plantado nos últimos anos.

O rótulo biológico foi inventado para ajudar os consumidores a diferenciar os alimentos biológicos de alimentos produzidos quimicamente

Hoje, muitas pessoas vêem o rótulo “orgânico” e acham que é apenas um termo extravagante para alimentos mais caros e sem valor significativo.

Há 1ª vista, toda a comida na loja parece igual. Por que alguém iria gastar o dinheiro extra com comida com um rótulo “orgânico”? Será que é realmente importante comer orgânico ou é apenas uma farsa? É esta comida realmente diferente ou mais saudável para o corpo?

Basta ver este pequeno vídeo para entender a diferença entre comida orgânica Versus Tóxica

Duas semanas de alimentação orgânica ajuda a remover da família quase todos os pesticidas dos seus corpos.

Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da IVL sueco narrou o que acontece quando uma família pára de comer alimentos pulverizados com pesticidas e começa a  comer apenas alimentos orgânicos. O estudo foi realizado em apenas duas semanas. Os resultados foram surpreendentes, como ilustrado por este vídeo de 90 segundos:

A quantidade de produtos químicos na urina desceu drasticamente depois que ocorreu esta mudança. Depois de ver os resultados com seus próprios olhos, a família não quer voltar ao antes, não importa a que custo.

As grandes Agriculturas são o cerne do problema.

É realmente muito difícil ver as diferenças entre alimentos orgânicos e alimentos pulverizados com pesticidas, porque ninguém pode ver fisicamente os produtos químicos que os alimentos contéem. Nós levamos a comida , pensando tratar-se do mesmo. Não há nenhuma etiqueta que indique os produtos químicos nos alimentos. Ninguém é educado de como estes produtos químicos afectam negativamente as hormonas e a fertilidade. Eles são apenas aceites como seguros, e a quantidade de produtos químicos crescentes no corpo nunca é medido.

O que acontece quando esses produtos químicos se combinam?

Os Herbicidas como a atrazina, foi provado causar defeitos de desenvolvimento e reprodução em anfíbios e peixes, mas eles são repetidamente apoiados por cientistas, comercializando como seguro as colheitas pulverizadas.

Nos USA, os alimentos são rotulados como “orgânicos” pelo USDA para ajudar os consumidores a escolher alimentos que não são cultivados a partir de sementes geneticamente modificadas ou pulverizados com produtos químicos como o atrazine.

Os Alimentos orgânicos são mais caros hoje porque a política alimentar do governo federal está a ajudar o controle corporativo da agricultura. Os Recursos do contribuinte estão a subsidiar um sistema alimentar desenvolvido por engenheiros que alteram geneticamente as sementes para suportar doses cada vez maiores de herbicidas, insecticidas e pesticidas.

Se o governo não fosse conivente com grande agricultura, estes alimentos cheios de químicos teriam que passar por testes de saúde e segurança rigorosos para provar que a comida é de verdade, saúdavel. Os consumidores seriam informados sobre estes produtos químicos ao invés de serem alimentados com mentiras.

Se o governo não investisse recursos do contribuinte nas grandes agriculturas,  todos os  alimentos orgânicos seriam mais abundantes, mais baratos e mais acessíveis a uma população clamando por menos produtos químicos na sua dieta.

Fontes:

http://www.cornucopia.org

http://www.naturalnews.com

%d bloggers like this: