8 Comidas Inflamatorias a Evitar

e

Categorias

8 Alimentos pró-inflamatórios a evitar

A inflamação existe em quase todas as doenças imagináveis. A inflamação crônica também pode danificar células saudáveis, causar dores nas articulações, prejudicar o sistema digestivo e até mesmo fazer com que tu ganhes peso. Por este motivo, deverá ser tua prioridade diminuir a inflamação.

Uma das melhores estratégias para ajudar a combater a inflamação é diminuir a ingestão de produtos inflamatórios, fazer um detox, comer superalimentos antiinflamatórios, adicionar um bom suplemento antiinflamatório, e ter um estilo de vida ativo, para ajudar a controlar a inflamação.

A maioria das pessoas esquece de remover ou evitar as coisas que promovem a inflamação. Uma vez que a comida é um dos maiores desencadeadores de inflamação, aqui estão oito dos alimentos mais pró-inflamatórios que tu deves reduzir ou eliminar totalmente da tua dieta.

1. Canola e óleos vegetais
Os óleos vegetais refinados, como a canola, estão entre as piores coisas que tu podes colocar no teu corpo. O processo de refinação dos óleos vegetais envolve altas temperaturas, solventes, desodorização e produtos químicos de segurança questionável.

Esse processamento converte muitos dos ácidos gordos ômega-3 em gorduras trans. Também faz com que algumas das gorduras ômega-3 oxidem ou fiquem rançosas. Em alguns paises, esses óleos são Organismos Geneticamente Modificados e fortemente pulverizados com pesticidas.

Então, o que isso tem a ver com inflamação? Gorduras trans e óleos oxidados são capazes de produzir grandes quantidades de inflamação.

E o que torna esses óleos ainda mais problemáticos é que eles são encontrados em praticamente todos os lugares, especialmente em fast food. A indústria de alimentos adora usá-los porque são baratos. Os culpados comuns incluem óleos de canola, milho, soja, semente de algodão e girassol.

2. Carne Processada
Numerosos estudos descobriram que comer carne processada pode aumentar o risco de doenças cardíacas, diabetes e várias formas diferentes de cancro. Um estudo publicado na revista BMC Medicine descobriu que aqueles que comiam as carnes mais processadas, como salsichas ou presunto, tinham 44% mais probabilidade de morrer do que aqueles que comiam em pequenas quantidades.

3. Alimentos Fritos
Alimentos fritos são capazes de causar uma quantidade considerável de inflamação no teu corpo. Batatas fritas e outros alimentos fritos promovem a inflamação por meio de vários mecanismos diferentes.

Assim como a carne processada, os alimentos fritos causam a formação de uma grande quantidade de AGEs pró-inflamatórios no teu corpo. A maioria dos alimentos fritos também é cozida em óleos vegetais refinados, que podem oxidar e causar muita inflamação.

E os alimentos fritos costumam ser empanados com farinha de trigo. Isso não apenas aumenta o número de AGEs que se formam, mas as pesquisas também sugerem que as proteínas da farinha de trigo(gluten) podem desencadear a inflamação.

4. Açúcar Processado
Com exceção do mel cru, quase todas as formas de açúcar são processadas. Isso inclui açúcar de cana, xarope de milho com alto teor de frutose, sacarose, xarope de arroz integral, entre outros. Embora possam variar na forma como são processados, a maioria dos açúcares refinados produz uma quantidade significativa de inflamação.

Consumir pequenas doses de açúcar normalmente é bom, se os alimentos forem completos e contenham a fibra, que vai fazer ele ser absorvido mas lentamente pelo teu corpo. Mas a questão é que a maioria das pessoas consome muito açúcar através dos refrigerantes, sumos de frutas, bebidas energéticas e doces.

Vários estudos em animais e humanos descobriram que consumir muito açúcar processado pode causar inflamação e stresse oxidativo.. Portanto, faz muito sentido fazer todo o possível para largar este “Doce Amargo”.

5. Farinha de trigo
Apesar de alguns defensores afirmarem que o trigo é perfeitamente seguro para qualquer pessoa que não tenha doença celíaca, os estudos sugerem que é aconselhável reduzir o consumo de pão branco, biscoitos e assados ​​à base de trigo.

O trigo contém uma proteína infame chamada glúten. Devido ao método industrializado e acelerado do trigo, a quantidade de glúten é 4 x superior do que no tempo dos teus avós. Para algumas pessoas, as evidências sugerem que a proteína do glúten pode ativar um composto no intestino chamado zonulina. Isso contribui para o intestino permeável, o que pode fazer com que o sistema imunológico se torne hiperativo, resultando em inflamação sistêmica.

Mesmo que aches que o glúten não te afeta, existem outras proteínas no trigo chamadas inibidores da amilase-tripsina (ATIs) que podem promover uma resposta inflamatória. Muitos produtos à base de trigo também são carboidratos refinados, que também são conhecidos por desencadear inflamações no corpo. Verificou-se que o pão branco, por exemplo, desencadeia uma alta resposta inflamatória.

Embora possa parecer difícil reduzir a ingestão de farinha de trigo e carboidratos refinados, existem muitos outros grãos inteiros saborosos que podes experimentar e inúmeras receitas sem farinha para pratos deliciosos.

6. Produtos lácteos
De acordo com a Dra. Amy Myers M.D., “os laticínios são um dos alimentos mais inflamatórios em nossa dieta moderna, perdendo apenas para o glúten”. Uma razão pela qual os laticínios são pró-inflamatórios é que mais de 65% das pessoas perdem a capacidade de digerir a lactose (nos laticínios) ao longo da vida, devido a uma enzima chamada Lactase.

Portanto, quando tu consomes alimentos que seu corpo não consegue digerir adequadamente, pode tornar o teu sistema imunológico confuso e ficares num estado pró-inflamatório crônico. Mas isso não é tudo.

Há milhares de anos, uma raça de vaca começou a produzir uma variante da caseína (uma proteína encontrada no leite) chamada A1-beta caseína. Os pesquisadores descobriram que o consumo de A1-beta caseína pode causar mais inflamação digestiva e desconforto.

7. Adoçantes artificiais
Um estudo publicado na Nature descobriu que adoçantes artificiais aumentam o risco de intolerância à glicose ao afetar negativamente as bactérias no teu intestino. Pessoas com intolerância à glicose geralmente têm marcadores mais elevados de inflamação, chamados de proteína C reativa.

Então, o que tudo isso significa em termos simples? Os adoçantes artificiais podem promover indiretamente a inflamação, aumentando a tolerância do teu corpo à glicose (açúcar). Adoçantes artificiais também foram associados ao ganho de peso.

8. Corantes artificiais
A indústria de alimentos adora adicionar corantes artificiais a alimentos processados, como doces, salgadinhos e várias outras guloseimas. Numerosos estudos descobriram que o consumo de cores artificiais está relacionado a vários problemas de saúde, como cancro, defice de atenção em crianças, depressão e reações alérgicas.

Um estudo publicado na revista Alternative Therapies in Health and Medicine também descobriu que o teu sistema imunológico ataca corantes artificiais como se fossem um patógeno ou uma ameaça ao corpo.

Parte do protocolo de defesa do sistema imunológico envolve inflamação. Portanto, se tu consumires alimentos com corantes artificiais (como doces) regularmente, isso pode causar inflamação constantemente.

Notas Finais sobre Alimentos Inflamatórios
Como a inflamação crônica está ligada a quase todas as doenças, faz sentido tentar reduzir a inflamação. Embora a maioria dos esforços se concentre em alimentos antiinflamatórios que combatem a inflamação, também é importante enfrentar o problema limitando a ingestão de alimentos que podem desencadear a inflamação no corpo.

Esses alimentos inflamatórios incluem óleos vegetais refinados, carnes processadas, alimentos fritos e açúcar processado. Ao eliminar ou reduzir o consumo desses alimentos problemáticos, tu ficas com mais energia, menos desconforto nas articulações e um coração mais saudável.

Mais alimentos anti-inflamatórios, menos alimentos inflamatórios, igual a Mais Saúde!

Este artigo é meramente informativo. Lê AQUI os Termos de Responsabilidade

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

6 Remédios Caseiros Para a Dor de Dentes

6 Remédios Caseiros Para a Dor de Dentes

Sabias Que Existem Muitas Formas Naturais de Alviar a Dor de Dentes?Tu não consegues adivinhar quando vais ter uma dor de dentes e ás vezes ela aparece num horário que o consultório do teu dentista está fechado, ou tu estás em algum lugar longe e ir ao dentista...

.

Pin It on Pinterest

Partilha isto

com os teus amigos