Lista de 106 Estudos Afirmando o Poder da Imunidade Natural COVID

e

Categorias

Imunidade induzida pela vacina COVID-19 em 15 de outubro de 2021.
A ciência mostra que a imunidade natural é mais robusta. O poder da imunidade natural permaneceu um tanto desconhecido pelo CDC durante esta pandemia. O CDC ainda recomenda que aqueles que se recuperaram da infecção natural de COVID sejam vacinados.

Com a COVID tendo uma taxa de sobrevivência tão alta para pessoas que geralmente são saudáveis, o que há de errado em permitir que elas adquiram imunidade natural por meio de infeções?
Por que a imunidade natural raramente é considerada quando se trata de políticas de saúde, como as prescrições de vacinas?

A ciência publicada examinando o poder da imunidade adquirida naturalmente contra COVID e suas variantes por meio de uma infecção por COVID continua a mostrar o quão forte a imunidade natural realmente é. Mas há um grande problema que atormenta a humanidade há muito tempo: a politização da ciência.

O epidemiologista Dr. Paul Elias Alexander PhD é um ex-professor assistente na Universidade McMaster em medicina baseada em evidências e métodos de pesquisa. Ele também é ex-consultor de síntese de evidências da COVID Pandemic para OMS-OPAS Washington, DC (2020) e ex-consultor sênior da política de pandemia da COVID em Serviços Humanos e de Saúde (HHS) Washington, DC. Ele publicou recentemente um artigo para o Brownstone Institute apontando, “As autoridades de saúde pública e os estabelecimentos médicos, com a ajuda da mídia politizada, estão enganando o público com afirmações de que as injeções de COVID-19 fornecem maior proteção do que a imunidade natural. A diretora do CDC, Rochelle Walensky, por exemplo, foi enganosa em sua declaração LANCET publicada em outubro de 2020 de que “não há evidências de imunidade protetora duradoura ao SARS-CoV-2 após a infecção natural” e que “a consequência da diminuição da imunidade representaria um risco para populações vulneráveis ​​por um futuro indefinido. ”

The Brownstone Institute
O Brownstone Institute documentou anteriormente 30 estudos sobre imunidade natural no que se refere à Covid-19. Eles agora forneceram um gráfico de acompanhamento que afirmam, “é a lista de biblioteca mais atualizada e abrangente de 106 dos estudos científicos de mais alta qualidade, completos e robustos e relatórios de evidências / declarações de posição sobre imunidade natural.”

Ao contrário da proteção de curto prazo oferecida pelas vacinas, a proteção gerada pela infecção tem se mostrado durável e ampla. Se os governos não tivessem sido tão apressados ​​em distribuir as vacinas e exigissem seis meses de acompanhamento em vez de dois, as vacinas Pfizer e AstraZeneca não teriam sido aprovadas devido ao grave declínio na eficácia ao longo do tempo.

Além disso, as vacinas COVID não reduzem a transmissão, como apontado por Alexander em seu artigo. Também forneço vários exemplos em um artigo que publiquei recentemente, aqui, sobre esse fato. Esta não é uma pandemia de não vacinados, como dizem os políticos.

Por um período de tempo, as vacinas COVID fornecem proteção contra sintomas graves e morte, mas isso beneficia o indivíduo que decide se vacinar. Também pode beneficiar os hospitais, mas devemos lembrar que os hospitais também enfrentavam essas dificuldades antes da pandemia.

Isso não significa que alguém está protegendo outra pessoa ao ser vacinado. As vacinas podem certamente beneficiar pessoas em risco, idosos e pessoas com múltiplas comorbidades, como obesidade, diabetes ou doenças cardíacas. A grande maioria das pessoas que morreram de ou com COVID nos Estados Unidos eram pessoas com duas ou mais comorbidades.

Por que a política de saúde do governo não reconheceu o poder da imunidade natural? Com o COVID tendo uma taxa de sobrevivência de 99,97% para crianças e uma taxa de sobrevivência semelhante para pessoas saudáveis ​​com menos de 70 anos, por que as pessoas não podem ter o direito de escolher o que se passa dentro de seus corpos?

Para alguns, o risco de lesão da própria vacina pode ser maior do que o risco de lesão, morte e hospitalização por COVID.

Clica AQUI para veres o artigo original e a lista dos 106 estudos.

Este artigo é meramente informativo. Lê os Termos de responsabilidade

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

8 Comidas Inflamatorias a Evitar

8 Comidas Inflamatorias a Evitar

8 Alimentos pró-inflamatórios a evitar A inflamação existe em quase todas as doenças imagináveis. A inflamação crônica também pode danificar células saudáveis, causar dores nas articulações, prejudicar o sistema digestivo e até mesmo fazer com que tu ganhes peso. Por...

6 Remédios Caseiros Para a Dor de Dentes

6 Remédios Caseiros Para a Dor de Dentes

Sabias Que Existem Muitas Formas Naturais de Alviar a Dor de Dentes?Tu não consegues adivinhar quando vais ter uma dor de dentes e ás vezes ela aparece num horário que o consultório do teu dentista está fechado, ou tu estás em algum lugar longe e ir ao dentista...

.

Pin It on Pinterest

Partilha isto

com os teus amigos