Os Testes Rápidos COVID Contêm Substâncias Químicas Tóxicas e Cancerígenas

e

Categorias

É um fato! Vivemos num mundo que mudou e que nos estão a impor testes Covid para aceder a serviços básicos. As teorias da conspiração dizem que isto só vai piorar.

Apesar da inconstitucionalidade, o governo insiste que as empresas cumpram, mesmo que tenham a injecção COVID devem passar por testes.

Mas, embora muitos digam que os testes de rotina são uma acomodação razoável para as pessoas que recusam a injeção de mRNA, outros estão preocupados com a segurança desses testes.

Os testes rápidos COVID contêm um produto químico causador de cancro

No final de outubro, um grupo sindical baseado em Chipre chamado Isotita (Igualdade) pediu a suspensão de um teste rápido COVID depois que foi descoberto que tanto PCR quanto as cotonetes nasais de teste rápido continham vestígios de uma substância “tóxica e perigosa” chamada óxido de etileno .

O óxido de etileno é um gás liquefeito usado na indústria médica por décadas como agente esterilizante, especialmente em suprimentos intolerantes ao calor ou à humidade.

O óxido de etileno foi proibido pela União Europeia na produção de alimentos – embora permita em alguns produtos estrangeiros que contenham o composto – enquanto outros países o usam para combater bactérias, fungos e outros microorganismos.

Na verdade, no verão passado, a Comissão Europeia emitiu uma declaração reiterando que a lei (Lei Geral de Alimentos COM 178/2002) estipula que o óxido de etileno “não tem” nível seguro de exposição para os consumidores “e que” qualquer nível de exposição aos consumidores , apresenta um risco potencial.

”De acordo com o Regulamento da UE nº 215/868, o nível máximo de resíduo de óxido de etileno é 0,05 mg / kg – mas a união de Chipre afirma que os testes rápidos de esfregaço estão contaminados com 0,36 mg / kg de óxido de etileno, sete vezes mais do que a quantidade máxima autorizado pela UE.

 Os testes rápidos COVID contêm substâncias químicas tóxicas e cancerígenas

Os testes rápidos COVID contêm um produto químico causador de cancro

No final de outubro, um grupo sindical baseado em Chipre chamado Isotita (Igualdade) pediu a suspensão de um teste rápido COVID depois que foi descoberto que tanto PCR quanto as cotonetes nasais de teste rápido continham vestígios de uma substância “tóxica e perigosa” chamada óxido de etileno .

O óxido de etileno é um gás liquefeito usado na indústria médica por décadas como agente esterilizante, especialmente em suprimentos intolerantes ao calor ou à humidade.

O óxido de etileno foi proibido pela União Europeia na produção de alimentos – embora permita em alguns produtos estrangeiros que contenham o composto – enquanto outros países o usam para combater bactérias, fungos e outros microorganismos.

Na verdade, no verão passado, a Comissão Europeia emitiu uma declaração reiterando que a lei (Lei Geral de Alimentos COM 178/2002) estipula que o óxido de etileno “não tem” nível seguro de exposição para os consumidores “e que” qualquer nível de exposição aos consumidores , apresenta um risco potencial. ”

De acordo com o Regulamento da UE nº 215/868, o nível máximo de resíduo de óxido de etileno é 0,05 mg / kg – mas a união de Chipre afirma que os testes rápidos de esfregaço estão contaminados com 0,36 mg / kg de óxido de etileno, mais de sete vezes a quantidade máxima autorizado pela UE.

Em sua pagina web de Dados de Segurança – que tu podes encontrar com uma rápida pesquisa no Google ou no site da Administração de Saúde e Segurança Ocupacional dos Estados Unidos – o óxido de etileno é classificado como uma “substância tóxica e perigosa” que foi associada a uma ampla gama de problemas de saúde em ambos animais e humanos, incluindo:

  • Cancro
  • Efeitos reprodutivos
  • Alterações mutagênicas (defeitos genéticos)
  • Neurotoxicidade

Ainda mais problemas: São milhões de testes caseiros que se fazem a nível mundial

Além das preocupações de expor repetidamente alguém ao óxido de etileno – e quem sabe por quanto tempo esses testes COVID obrigatórios permanecerão em vigor – muitos desses testes COVID estão repletos de outros problemas.

Por exemplo:

Em 5 de outubro, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA emitiu um recall Classe I de mais de 2 milhões de testes domésticos COVID-19 – fabricados entre 24 de fevereiro a 11 de agosto e distribuídos de 13 de abril a 26 de agosto – de uma empresa chamada Ellume , devido às taxas alarmantes de resultados de teste falso-positivos dos testes.

Um falso positivo significa que um teste sugere que uma pessoa está infectada com o vírus que causa COVID-19, embora na verdade ela não o tenha.

O FDA define um recall de Classe I como “uma situação em que há uma probabilidade razoável de que o uso ou a exposição a um produto violador causará consequências adversas graves à saúde ou morte”

Lembramos, é claro, que os testes COVID estão a ser usados já em alguns países ​​para determinar quem pode continuar trabalhar, quem pode acessar espaços públicos e privados, quem pode viajar,  e muito mais.

Pensar que um número desconhecido de pessoas está a sofrero as consequências de falsos positivos só aumenta os efeitos danosos dessa pandemia.

As fontes deste artigo incluem

Newstarget.com
MSN.com
OHSA.gov
Airgas.com
Cyprus-mail.com
Foodwatch.org
Foodwatch.org
Europa.eu
FDA.gov

e tu, que pensas disto tudo? Adoraria saber a tua opinião nos comentários.

Este artigo é meramente informativo e não pretende fornecer qualquer tipo de aconselhamento. Clica aqui para veres os Termos de Responsabilidade

 

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

8 Comidas Inflamatorias a Evitar

8 Comidas Inflamatorias a Evitar

8 Alimentos pró-inflamatórios a evitar A inflamação existe em quase todas as doenças imagináveis. A inflamação crônica também pode danificar células saudáveis, causar dores nas articulações, prejudicar o sistema digestivo e até mesmo fazer com que tu ganhes peso. Por...

6 Remédios Caseiros Para a Dor de Dentes

6 Remédios Caseiros Para a Dor de Dentes

Sabias Que Existem Muitas Formas Naturais de Alviar a Dor de Dentes?Tu não consegues adivinhar quando vais ter uma dor de dentes e ás vezes ela aparece num horário que o consultório do teu dentista está fechado, ou tu estás em algum lugar longe e ir ao dentista...

.

Pin It on Pinterest

Partilha isto

com os teus amigos