7 Dicas Para Recuperar de um Ataque Cardíaco

Embora os sintomas de ataque cardíaco possam surgir repentinamente e ser bastante intensos, na maioria das vezes os sintomas começam mais lentamente e são mais leves, de acordo com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia.

Os sintomas de ataque cardíaco podem se manifestar com um desconforto geral, pressão, plenitude, aperto ou dor na parte central do tórax que dura vários minutos. Além disso, os sintomas também podem ocorrer  noutras áreas do corpo, incluindo um ou ambos os braços, nas costas ou pescoço, estômago ou mesmo na mandíbula.

Alguém que está a ter um ataque cardíaco também pode sentir náuseas, tonturas ou pode começar a suar frio. Os sintomas de ataque cardíaco em homens geralmente diferem dos sintomas de ataque cardíaco em mulheres. A falta de ar, náuseas ou vômitos e dores nas costas ou na mandíbula são sintomas mais comuns nas mulheres do que nos homens.

Se tu estiveres a experimentar algum destes sintomas, liga para o serviço de emergência imediatamente. Quanto mais rápido fores atendido pelas equipes de emergência, mais cedo o tratamento poderá ser iniciado.

A recuperação de um ataque cardíaco leva tempo e existem várias maneiras de ajudar a acelerar a cura. Claro, é preferível nunca ter um ataque cardíaco e incorporar práticas saudáveis ​​para o coração em sua rotina diária pode ajudar a prevenir doenças cardíacas coronárias e um ataque cardíaco.

O que é um Ataque Cardíaco?

Um Ataque Cardíaco acontece quando uma parte de coração não recebe oxigênio em quantidade suficiente.
O coração é um músculo e tal como todos os outros do corpo, precisa de oxigênio, que é fornecido pelo sangue através dos vasos sanguíneos, conhecidos como artérias coronárias.

Um coágulo sanguíneo numa dessas artérias pode bloquear o fluxo de sangue para o músculo Cardíaco o que trás prejuízos ao coração e, dependendo do tempo de duração deste bloqueio, uma parte do coração morre fazendo com que pare de funcionar corretamente.

Ataques Cardíacos podem ocorrer caso o coração passe a precisar subitamente de mais oxigênio durante exercícios intensos. Tanto homens como mulheres têm Ataques Cardíacos, risco este que vai aumentando com a idade.

Placas (fragmentos de colesterol) podem crescer no interior das artérias diminuindo seu diâmetro. Além disso , coágulos sanguíneos podem então se formar nesta artéria mais estreita e bloqueá-la.

Então, o que é um ataque cardíaco? É um evento em que o fluxo de sangue rico em oxigênio é limitado ou interrompido antes de chegar ao coração. As artérias coronárias estreitadas devido ao acúmulo de placas (aterosclerose) costumam ser as culpadas. Quando as partículas da placa se soltam e se desprendem, o sangue se forma ao redor delas, causando um coágulo. Esse coágulo pode então bloquear o fluxo sanguíneo completamente, levando à isquemia.

Quando o seu coração está danificado devido à isquemia, o evento pode ser denominado ataque cardíaco (também conhecido como enfarte do miocárdio). Embora algumas pessoas experimentem uma variedade de sinais de aviso, se a causa raiz do ataque cardíaco for a aterosclerose, normalmente um ataque cardíaco pode ocorrer repentinamente, sem quaisquer sinais de aviso percetíveis.

É importante observar a diferença entre paragem cardíaca e ataque cardíaco. Um ataque cardíaco surge quando há um problema na circulação do sangue rico em oxigênio, enquanto a paragem cardíaca é causada por um problema elétrico ou mecânico no coração, como um batimento cardíaco anormal ou irregular ou uma arritmia.

A parada cardíaca faz com que o coração pare repentinamente, e um ataque cardíaco pode causar isso. A morte pode ocorrer poucos instantes depois que o coração parar de bater. Tanto os ataques cardíacos quanto as paradas cardíacas podem ser tratados, mas o tempo é essencial. A RCP e o uso de um desfibrilador para fazer o coração voltar ao ritmo normal podem reverter a paragem cardíaca. Liga para o serviço de emergência medico imediatamente se achas que alguém está a ter uma paragem cardíaca.

Sinais e Sintomas Pouco Conhecidos

O tipo e a gravidade dos sintomas de ataque cardíaco variam de pessoa para pessoa e de acordo com o gênero. Os sintomas a seguir são comuns, mas é importante entender que quanto mais sintomas você tiver simultaneamente, maior será a possibilidade de você ter um ataque cardíaco.

Sensação de pressão, aperto, dor, dor ou aperto no peito que pode irradiar para o pescoço, mandíbula ou costas
Náuseas
Indigestão
Azia
Dor abdominal
Falta de ar
Suores frios
Fadiga
Tontura
Tontura repentina

A doença cardíaca é a causa de morte número 1 na maioria dos países desenvolvidos.  Os sintomas de ataque cardíaco em mulheres podem ser mais sutis, e muitas mulheres relatam acreditar que seus sintomas se devam ao envelhecimento, refluxo ácido ou até mesmo gripe.

De acordo com a Cleveland Clinic, os sintomas pré-ataque cardíaco em mulheres podem incluir:

Fadiga incomum
Suor e falta de ar
Dor que irradia do peito para a mandíbula, costas ou pescoço.

Para as mulheres, às vezes pode ser difícil dizer a diferença entre os sintomas de ataque cardíaco e os sintomas de ansiedade ou ataque de pânico. Essas duas condições podem apresentar sintomas muito semelhantes, incluindo vertigem, tontura, palpitações cardíacas, dormência nas extremidades, tremores e até desmaios.

Se tu tiveres histórico de doenças cardíacas ou ataques cardíacos e também tiveres transtorno de ansiedade ou pânico, sempre que sentires quaisquer sintomas de ataque cardíaco, procura atendimento médico de emergência.

Os sintomas de ataque cardíaco em homens com menos de 40 anos incluem muitos dos sintomas comuns mencionados acima. O verdadeiro desafio para esse grupo demográfico é que homens jovens aparentemente saudáveis ​​podem sofrer um evento cardíaco súbito, ou SCE. Frequentemente vemos isso em jovens atletas quando os sintomas sutis são descartados como esforço excessivo.

Sinais de Alerta Precoce de Ataque Cardíaco

De acordo com a Clínica Mayo, algumas pessoas podem experimentar sinais de alerta nas semanas, dias ou horas antes de um ataque cardíaco e observam particularmente que a dor torácica recorrente, ou angina, que é desencadeada pelo esforço e aliviada pelo repouso pode ser o primeiro sinal de alerta. Fala com o teu médico o mais rápido possível se sentires dores no peito.

Causas

A causa mais comum de ataque cardíaco é uma artéria coronária mais estreita ou bloqueada, conhecida como doença da artéria coronária. Durante um ataque cardíaco, a placa que causa o estreitamento da artéria se rompe e turva o sangue com colesterol e outros elementos da placa.

Este evento, por sua vez, pode causar a formação de um coágulo sanguíneo e este coágulo pode então impedir completamente o fluxo de sangue através da artéria.

Além disso, uma condição mais rara chamada espasmo da artéria coronária pode ocorrer em um vaso sanguíneo normal ou saudável ou naqueles que estão bloqueados pela aterosclerose. Esse espasmo pode ser fatal e às vezes está relacionado ao uso de drogas ilegais como a cocaína. Um espasmo severo pode causar um ataque cardíaco.

Ainda mais raro é a dissecção espontânea da artéria coronária, ou SCAD. Esse evento raro ocorre quando há rutura espontânea da parede da artéria coronária. Nos homens, a SCAD está geralmente relacionada a esforços extremos. Em mulheres saudáveis, algumas evidências apontam para uma ligação hormonal com SCAD ocorrendo em mulheres no pós-parto ou em torno do ciclo menstrual.

Fatores de Risco

Homens de 45 anos ou mais
Mulheres com 55 anos ou mais
Tabagismo ou exposição a longo prazo ao fumo passivo
Pressão alta
Colesterol alto
Níveis elevados de triglicéridos
Diabetes
História de família
Fibrilação atrial
Falta de atividade física
Obesidade
Estresse
Uso de drogas ilegais
História da pré-eclâmpsia
Doenças autoimunes, incluindo lúpus ou artrite reumatoide

Tratamento Convencional Para Ataque Cardíaco

Ao apresentar sintomas de ataque cardíaco, os seguintes testes de diagnóstico provavelmente serão solicitados: (10)

ECG
Exames de sangue
Raio-x do tórax
Ecocardiograma
Angiograma
Teste de stress
CT
Ressonância magnética

Em uma emergência, os seguintes medicamentos podem ser usados:

Aspirina
Trombolíticos
Agentes antiplaquetários
Medicamentos para afinar o sangue
Analgésicos
Nitroglicerina
Bloqueadores beta
Inibidores da ECA
Em certos casos, a intervenção cirúrgica incluindo uma angioplastia coronária (com ou sem implante de stent) ou cirurgia de revascularização do miocárdio pode ser necessária.

Maneiras naturais de aumentar a recuperação de ataques cardíacos

1. Participar de um programa de reabilitação cardíaca
Após um ataque cardíaco, o teu cardiologista provavelmente irá sugerir que participes num programa de reabilitação cardíaca. Muitos hospitais oferecem esse programa ambulatorial para ajudar na recuperação de sobreviventes de ataques cardíacos.

Esses programas consistem em uma combinação de disciplinas que enfocam não apenas a sua recuperação, mas também a redução do risco de futuros eventos cardíacos. As sessões geralmente consistem em apoio emocional e mental, exercícios físicos e a criação de um estilo de vida saudável para o coração.

2. Gerenciar as condições subjacentes
Muitas condições subjacentes, incluindo pressão alta, colesterol alto e diabetes, aumentam o risco de ataques cardíacos. O tratamento eficaz dessas condições pode ajudar a melhorar o tempo de recuperação.

3. Para de fumar
Se fumas, para de fumar agora e evita o fumo passivo.

4. Perder peso
Se estiver com peso a mais, faz uma dieta saudável e rica em nutrientes para eliminar os quilos extras. Alcançar um peso saudável e mantê-lo está relacionado a uma saúde cardíaca melhor.

5. Exercício
Os sobreviventes de ataques cardíacos muitas vezes hesitam em fazer exercícios por medo de sofrer outro ataque cardíaco. No entanto, depois do teu cardiologista determinar que é seguro para ti te exercitares, sigue as recomendações dele. Lembra-te, sê gentil contigo mesmo; o teu corpo sobreviveu a um evento traumático e levará algum tempo até que tu comeces a atuar nos níveis anteriores ao ataque cardíaco.

6. Trata a depressão
A depressão é muito comum após um ataque cardíaco e os sintomas podem durar seis meses ou até mais. Ansiedade, raiva, irritação, ressentimento e baixa autoestima também podem fazer parte da equação. Terapia da conversa ou um grupo de apoio, sol e inalar óleo essencial de camomila romana podem ajudar. Mais uma vez, seja gentil consigo mesmo durante a recuperação; é um processo que requer cura da mente, corpo e espírito. Usar um bom suplemento alimentar com grandes quantidades de antioxidantes da natureza, vai acelerar toda a regeneração de tecidos do teu corpo.

7. CoQ10, 100 miligramas duas vezes ao dia
Após um evento cardíaco, podem ser prescritas estatinas para ajudar a prevenir outro ataque cardíaco. Tomar um suplemento de CoQ10 bem como um com grandes quantidades de antioxidantes, pode ajudar a diminuir os efeitos colaterais da medicação, ao mesmo tempo que ajuda a regular a pressão arterial.

Em um ensaio clínico promissor de dois anos de pacientes com insuficiência cardíaca moderada a grave, os pacientes receberam um placebo ou suplemento de CoQ10. Em dois anos, aqueles que receberam CoQ10 tiveram significativamente menos eventos cardiovasculares adversos, menor taxa de mortalidade e um menor número de internações hospitalares. Os pesquisadores realmente recomendam 100 miligramas duas vezes ao dia, em vez de uma única dose de 200 miligramas uma vez ao dia, devido às melhores taxas de absorção.

Maneiras naturais de manteres o teu coração saudável

De acordo com a American Heart Association, cerca de 20% dos pacientes com 45 anos ou mais que tiveram um ataque cardíaco terão outro em cinco anos. Praticar as seguintes dicas de estilo de vida saudável para o coração pode melhorar a saúde do coração e mantê-lo saudável.

1. Faz uma dieta rica em alimentos saudáveis ​​para o coração

Sete a nove porções de frutas e vegetais diariamente. Come uma variedade de frutas e vegetais (foco nas cores do arco-íris) para desfrutar de uma ingestão diversificada de nutrientes. Desfruta de frutas vermelhas, frutas cítricas, pimentões e folhas verdes.

Ingere 25 gramas ou mais de fibra diariamente. Uma combinação de fibra solúvel e insolúvel diariamente é recomendada. Na categoria de fibras solúveis, aveia, lentilha, ervilha, semente de linhaça, frutas cítricas e maçã são opções saudáveis ​​para o coração. Da categoria insolúvel, come nozes e cereais integrais ou pães.

Come duas a três refeições de proteínas à base de vegetais por semana. Substitua as refeições de proteína de proteína de origem animal por lentilhas, legumes, quinoa, nozes e sementes.

Limita a carne vermelha convencional a uma refeição por semana.
Come aves caipiras, sem pele, duas vezes por semana.
Come peixes selvagens, ricos em ácidos gordos ômega-3, duas vezes por semana.

2. Desfruta de chocolate amargo
Comer 30 gramas de chocolate amargo algumas vezes por semana pode ajudar a saúde do coração. O forte sabor amargo do cacau vem dos flavonoides que podem melhorar a saúde vascular, reduzindo a pressão arterial, melhorando o fluxo sanguíneo para o cérebro e o coração e tornando as plaquetas menos propensas a coagular.

No entanto, é importante notar que quanto mais o chocolate é processado, mais benefícios para a saúde são perdidos. Escolhe chocolate amargo pouco processado e evite o cacau holandês processado e os chocolates altamente processados ​​com nozes e carregados de açúcar.

3. Torna-te fisicamente ativo
Caminhar apenas 30 minutos por dia pode diminuir o risco de ataques de calor e derrame. O objetivo é completar pelo menos 30 minutos de atividade aeróbica moderada, pelo menos cinco dias por semana. Se tu tiveste um ataque cardíaco, espera a autorização do teu cardiologista antes de iniciar qualquer exercício.

4. Pratica ioga regularmente
A ioga não é apenas ótima para flexibilidade, força, controle do stresse, depressão e ansiedade, mas também está ligada a uma melhor saúde cardíaca. E, a prática de ioga sustentada a longo prazo pode desempenhar um papel na melhoria da saúde geral. Na verdade, uma revisão sistêmica de ensaios clínicos descobriu que a ioga pode melhorar a saúde cardíaca, reduzindo a pressão arterial, diminuindo o colesterol, perdendo peso, diminuindo os triglicerídeos e melhorando a frequência cardíaca.

5. Suplemento de óleo de peixe ômega-3, 1.000 miligramas diários(eu tomo uma alternativa vegetal baseada em sementes)
O óleo de peixe está associado à saúde geral do coração e ao aumento da energia, redução dos níveis elevados de triglicerídeos e perda de peso.

E, de acordo com um ensaio clínico publicado na revista Circulation, uma alta dose de ácidos gordos ômega-3 de um suplemento tomado por seis meses melhora certos marcadores de saúde cardíaca em pacientes com histórico de ataque cardíaco.

6. Acupuntura
Vários ensaios clínicos descobriram que tomar certos medicamentos para o coração junto com sessões de acupuntura de rotina está associado a uma taxa reduzida de ataques cardíacos em pessoas com doença coronariana. Na verdade, uma revisão de 16 ensaios clínicos indica que a acupuntura mais os medicamentos prescritos são mais eficazes do que os medicamentos isoladamente.

7. Gerenciar o stresse e tratar a ansiedade
Stresse, depressão e ansiedade têm consequências reais na nossa saúde física e emocional. Além de uma dieta saudável, exercícios regulares e sono de alta qualidade, outras atividades como terapia cognitivo-comportamental, meditação e arte-terapia podem ajudar.

Além disso, ashwagandha, um dos principais remédios naturais para a ansiedade, é mostrado com alta eficácia a combater o stresse, a ansiedade e a depressão. Toma 300 miligramas de um suplemento de ashwagandha de alta qualidade diariamente.  Certifica-te de verificar primeiro com o teu médico.

Uma Nota importante sobre os ataques cardíacos:
Fica a saber que há outros sintomas de Ataques Cardíacos, para além da dor no peito ou no braço esquerdo.

Deves também prestar atenção a uma dor intensa no queixo, bem como a náuseas e suores abundantes, que também não são sintomas vulgares.
Podes nunca sentir uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um Ataque Cardíaco enquanto dormiam, já não se levantaram.

Porém, a dor no peito pode-te acordar de um sono profundo.
Se assim for, dissolve imediatamente duas Aspirinas na boca e engule-as com um pouco de água.

Em seguida, liga para o 112 e diz ‘Ataque Cardíaco‘ e que tomas-te 2 Aspirinas.

Senta-te numa cadeira ou sofá e espere pela chegada do pessoal da Emergência do 112 e NÃO TE DEITES!!!!

Um cardiologista afirmou que, se cada pessoa que ler este artigo e o partilhar com mais de 10 pessoas, pelo menos uma vida poderá ser salva!
Eu fiz o meu trabalho!
Espero que faças o teu.
Nuno Andrade

Recomendações

Refina a Tua Saúde

  1. Excelente Fonte de Poderosos Antioxidantes
  2. Melhora a Função Cerebral e Bem Estar
  3. Ajuda Com Inflamações
  4. Ajuda a Travar o Declínio Cognitivo
  5. Ajuda na Concentração Mental
  6. Ajuda no Cansaço e Stress
  7. Ajuda a Memória e Foco
  8. Ajuda a Melhorar Circulação Sanguínea Como Vasodilatador
  9. Ajuda o Corpo Durante os Períodos Menstruais
  10. Ajuda na Qualidade do Sono
  11. Ajuda a Melhorar a Libido
  12. Ajuda na Função Imunitária
  13. Ajuda na Eliminação de Radicais Livres e Toxinas

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published.

Top 5 Feridas Emocionais Que te Afetam Toda a Vida

Top 5 Feridas Emocionais Que te Afetam Toda a Vida

Todos nós temos feridas emocionais. Estas são formadas na nossa primeira infância, em função da dinâmica relacional que temos com os nossos principais cuidadores. Ao longo da vida, estamos sempre a reproduzir, repetidamente, situações que nos aproximam dessa ferida. É...

Melhores 8 Comidas Vermelhas Para Melhorares o Teu Sangue

Melhores 8 Comidas Vermelhas Para Melhorares o Teu Sangue

Se sentes entusiasmo pela vida, gostas de ter a melhor aparência e de viver uma vida ativa, com certeza já ouviste falar de comidas vermelhas, certo? Em suma, muitas das principais frutas e vegetais da natureza que sustentam um coração saudável, saúde circulatória e...

.

Serie de 3 Videos Grátis

Sucesso! Acabei de te enviar o primeiro vídeo para o teu email.

Pin It on Pinterest

Partilha isto

com os teus amigos